Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012
Dois "dumpings" e duas autonomias
       
 
zuraida_soares_site.jpg

Zuraida Soares 

 

Também podíamos dizer ‘dois pesos e duas medidas’ mas, assim, vamos mais directos ao assunto. A ASAE apreendeu milhares de litros de leite, por suspeita de dumping, crime económico que consiste em vender produtos por preços abaixo do valor de mercado, visando prejudicar a concorrência. E a concorrência, neste caso, são os nossos agricultores que já se confrontam com um cenário de grandes dificuldades - partilhadas, aliás, com um grande número de consumidores. Daí que estes últimos privilegiem, obviamente, todas as promoções que aliviem os custos de produção das suas vidas quotidianas. 

Acontece, porém, que os descontos de hoje têm, a prazo, custos elevadíssimos, ao nível do desemprego, da crise económica, do défice e da dependência externa. Portanto, a ASAE fez o que se esperava que fizesse.

 

Quem fez exactamente o contrário do que devia foi a maioria PSD/CDS, na Assembleia da República, ao rejeitar todas as iniciativas de outros partidos que visavam combater a fuga ao fisco dos grandes grupos financeiros – prática que se tornou regra, entre as maiores empresas portuguesas. Deslocalizar capitais para outros países com taxas de impostos mais baixas é uma possibilidade fomentada pela prática de dumping fiscal, isto é, pela concorrência desleal entre Estados, concentrando nuns os capitais financeiros que fogem a outros.

 

De dumping em dumping, quem paga são os contribuintes e quem perde são os recursos públicos – os nossos, claro. Por outro lado, ficámos a saber que os funcionários no activo do Banco de Portugal já receberam o subsídio de férias deste ano e irão também receber o subsídio de Natal, dada a natureza do estatuto e consequente autonomia do banco em questão – estatuto que, pelos vistos, põe os seus trabalhadores a salvo do confisco a que todos os outros funcionários públicos estão sujeitos.

 

Pelo contrário, nos Açores, Região Autónoma e com Estatuto próprio, o Governo Regional obrigou-se a cumprir um roubo a que outros – bastante menos autónomos do que nós – se furtam. De autonomia para Autonomia, quem paga e quem perde são os/as Açorianos/as...



publicado por livrecomoovento às 20:56
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

ESCOLARIDADE OBRIGATÓRIA

PLANO E ORÇAMENTO PARA 20...

O FAIAL E OS TRANSPORTES ...

O Milagre Económico

Os pontos nos iis

NÃO DEIXES QUE DECIDAM PO...

O MEDO E A CACICAGEM

Um político que de irrevo...

SEMANA DO MAR - Programas...

O CISCO A ENCOBRIR A TRAV...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Junho 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds