Segunda-feira, 2 de Julho de 2012
O NOVO CÓDIGO DO DESEMPREGO (EX CÓDIGO DO TRABALHO)
É uma realidade inegável que Portugal regrediu, retrocedeu até à Idade Média e reinstaurou um regime feudalista, a quem mesmo os governos devem obediência, e tratam da população de forma miserável, levando-a ao desespero e à mais profunda miséria, mas chamando-lhe um outro nome, «os mercados».
(in blog “Um Povo à Rasca”)

Cavaco Silva promulgou, sem qualquer dúvida, engano ou problema de consciência, o pretenso novo Código de Trabalho, cuja aplicação prática é, paradoxalmente, tão velha que remonta, em Portugal, ao início do século XIX. Ou seja, direitos para quem produz: ZERO, poder discricionário para quem especula com os proventos do trabalho: TUDO. Cavaco Silva, o PSD e o CDS, com a abstenção cúmplice do PS, são os protagonistas dum recuo civilizacional secular: Portugal volta às relações de trabalho do feudalismo.

Alguns responsáveis patronais, mais conscientes e independentes da teia montada com a intenção de estrangular a capacidade produtiva do nosso país, mesmo estando do lado de quem lucra com o trabalho, entendem o logro em que caíram e, cada vez mais, manifestam o seu desagrado pelas medidas de austeridade seletivas que o PSD e o CDS aplicam, com a oposição complacente do PS.

Hipocritamente, os nossos governantes apelam à inovação e à competitividade (sem nunca explicarem que tipo de competitividade pretendem). Prometem apoio à dinamização das pequenas empresas, mas desviam o dinheiro para encobrir as negociatas que os amigos fizeram através do BPN e nada fazem para facilitar o financiamento às iniciativas dos pequenos empresários, aqueles que ainda mantêm, com grande esforço, o maior nível de empregabilidade do país. Incentivam as exportações (como se pudéssemos exportar ruínas de antigas unidades industriais que Cavaco Silva, enquanto 1º Ministro, ajudou a desativar; ou o mar que já não é sulcado pelos barcos de pesca que ele mandou queimar).

Está mais que provado ser um erro tremendo retirar poder de compra às pessoas, quer pelo impacto negativo nas contas do Estado e da Segurança Social, como se está a verificar, quer pela estagnação económica daí resultante. É pelo investimento na produção, o aumento de emprego e redução das importações que qualquer economia cresce. Nunca pela diminuição de salários.

Os nossos governantes sabem isso, mas como vassalos desta política empenhada em transformar cidadãos em servos da gleba, sejam eles homens, mulheres ou crianças, e considerando os mais velhos “estorvos a quem dariam uma manta e abandonariam no monte mais alto, para que ali acabassem os seus dias sem mais despesas inerentes à sua idade avançada”, prosseguem a sua missão suicida que nos conduz à recessão económica e ao empobrecimento generalizado.

Vai ser entregue na nossa Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores uma iniciativa legislativa que repõe, nos Açores, o Código Laboral de 2009, aprovado pelo PS na Assembleia da República. É um direito que o nosso Estatuto Autonómico nos dá. O Grupo Parlamentar do PS-Açores deu parecer negativo ao código agora promulgado. Estão reunidas as condições para que, nos Açores, se evite o retrocesso ao feudalismo pretendido pelo PSD e CDS.

O ónus da decisão está nas mãos de quem se diz socialista, até porque, ideologicamente e não só, socialismo é totalmente incompatível com medidas feudalistas.


publicado por livrecomoovento às 01:43
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De jon a 10 de Julho de 2012 às 09:17
Muito Bom post.

Realmente, este flagelo agrava em muito a situação do pessoal...

Na esperança de poder ajudar,

deixo alguma informação adicional sobre trabalho temporário... não é solução, mas pode contribuir para um começo diferente... As pessoas não podem é desanimar! Força aí!

Trabalho e Empregos Temporários para os Jovens Encontra tudo sobre o trabalho temporário para jovens. Descobre onde, como e em que contexto esta poderá ser uma solução!
http://www.trabalhoparajovens.blogspot.com/

Força!


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

ESCOLARIDADE OBRIGATÓRIA

PLANO E ORÇAMENTO PARA 20...

O FAIAL E OS TRANSPORTES ...

O Milagre Económico

Os pontos nos iis

NÃO DEIXES QUE DECIDAM PO...

O MEDO E A CACICAGEM

Um político que de irrevo...

SEMANA DO MAR - Programas...

O CISCO A ENCOBRIR A TRAV...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Junho 2006

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds